segunda-feira, 26 de julho de 2010

DAUNBAILÓ - 1986


Mas essa é mais uma daquelas histórias maravilhosas que só a perifa é capaz de produzir. Quando chegou aqui nas terras tupinikins de lo abcd a película DOWN BY LAW do ótimo Jim Jasmurschi, de cara, virou DAUNBAILÓ. E assim ficou, tanto que a distribuidora abraçou e esse nome se perpetuou. Mas pensem isso em Santo André em 1987 que catarse que num foi? Ainda viviamos a fase que existia cinema de verdade...


Em Santo André tinha tres deles bastante ativos; TANGARÁ, CARLOS GOMES e o lindão e muderno STUDIO CENTER. E para manter a pecha de “muderno” o Studio Center com um abençoado lá, comprou uns filmes que rolavam em Sundance Festival, Utah, EUA. Ma claroooo que num deu muito certo do ponto de vista comercial, a região não estava acostumada com aquelas cousas diferenciadas e então, todas as terças ao meio dia, pela bagatela de 1 cruzado novo, rolavam essas sessões. E sempre estavamos lá os mesmos... 10 cabras pra assisitr.

Claro que a porra num durou muito tempo. Aliás é bem interessante esse caso; Vagabundo reclama que “não tem nada pra fazer no abc, não acontece nada... Quando acontece o filho da puta não tira o cu de casa! Quer o que, desgraçado? Se mexe, porra! Enfim... Mas isso discutimos outra hora. Aliás, num sei se discutimos não... Quando quiser, falo disso. Em questão aqui, o filme...



Jasmursch que já tinha dado as caras o cinema independente com o ótimo Estranhos No Paraíso, de 1983, juntou um caraminguá e voltou com a idéia de fazer um filme que retratasse os perdidos anos 80 de uma maneira cômica, ácida, idiossincrática. Então nasce a idéia de Daunbailó. A capivara é a seguinte:



Dois cabra besta, lesado, cabaços, caem num caô de policia e vão divindir o X numa prisão. Jack é um dono de puta sem classe e babaca que se mete numa parada ae de corrupção de menores, enquanto Zack é um ex-radialista que, ao tomar um pé no cu de sua excelentíssima nêga, descola um trampo de motorista numa firma de transportes. Da um vacilo e não se liga que no seu carro de trampo, constava um elemento morto no porta malas, tremendo presuntão... já era. Cana no elemento vacilão!



Aí pra acabar de fuder a biela, dias depois aparece por lá um italiano tagarela, chato pra caralho, irritante, que de imediato já saca a tensão e rapidinho trata de calar a boca...

De cara, os tipos se odeiam no X. Presos, fudidos, revoltados com o que há de pior na sociedade que os meteu em cana, ambos passam a ditar a narrativa do filme, contando sempre com a fotografia FODAAAAAASSSTICAAAA de ROBBIE MÜLLER QUE já havia matado a pau em PARIS TEXAS, agora, ajudou muito para retratar uma Nova Orleans, fria, suja, escura, torpe... Bem longe dos estereótipos da “Cidade do Jazz e do Mardi Grass...”

John Lurie, tom Waits e o italiano mala, Roberto Begninni forma o trio de manés presos. A montagem foda de Booby Selfman, torna o filme um labirinto que por mais que se queira não há como sair. E o resto vocês assistam que a parada vale muito a pena.



E eu já to sartando de banda que já vacilei muito aqui...



Corri...






11 comentários:

Lucas disse...

Puuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuutzzzzzzzzzzzzz Mano... Tava atrás desse filme ha seculos!! Muito foda vcs!! Valeu!!!

Ricardo Kisewits disse...

Caraio é verdade!! Lucas me falou aqui no msn num acreditei!! kkk... Porra vo ver agora! Grato bandidos!

Patrícia Freitas disse...

aiaiaiiii!!! Putaquepariu!!!!
Além dos filmes fodas tem o texto, muito bom!
Para atualizações e informações de novas postagens! ^^

poetica92@hotmail.com

"Santa Internet e seus pupilos!"

thanks.

Pedro Ernesto disse...

Cara que idéia espetacular essa de vcs! Me falaram e eu cutei a acreditar que num precisava e nada! Nem baixar, nem pagar... Parabens mesmo ae pra malandragem toda!

Anônimo disse...

fla_andrade_@hotmail.com

maaarceloo, manda os trash nesse ai

beijos

Carolina Sorenssen disse...

Entãooooooo a gente falou com nosso professor aqui na anhembi e hoje a gente vai assisitr o filme do jasmrusch aqui na sala e depois discutir a idéia de comunicaçãod e vcs... Seria legal se vcs viesse falar conosco, que acham?

A FABRICA... disse...

hahahahahhaahahahahahahahaha... Ta certo Carolina, agradeça o professor e bom divertimento... hahaha... Galera que deixou o e-mail; tão todos no mailling; Galera que me "achou" no facebook, muito obrigado pelo carinho. Quanto ao bate papo, tanto o da carolina, quanto todos os convites que recebemos, claro que vamos com maior prazer. Só peço que esperem um pouquinho porque o cox trampa muito, matheus ta no rio e K, anda sem tempo. Como não faço nada sozinho, quando as coisas estiverem mais calmas vamos todos nós prosear com maior prazer! Isso é o que mais gostamos de fazer.

Grato a Todos!

Rogério disse...

eu não sei se vcs vão acreditar mas aqui em casa, a gente fez um panelão de pipoca, e agora estamos todos na frente do note pra sessão de cinema... kkk... Galera, sigam com esse trabalho que vcs fazem. Que coisa maneira ver gente difundidndo arte e informação. Parabéns a vcs"

Rodrigo disse...

Eu confesso que quando o Lucas me falou eu não acreitei que pudesse existir algo assim... Sem precisar baixar?! De gtaça?! haha... Que bom que ceis existem maldragem!! Valeus!!

Pedro Pellegrino disse...

O melhor é poder assistir um pouco, ler um pouco a crítica de vocês, dar uma pesquisada na net sobre o filme, personagens, atores, diretores, e AINDA assistir o filme inteiro. Genial! Abraços.

Saskia Sá disse...

e ainda tem a abertura que é show! eu tinha me esquecido... e ainda tem a música final do tom waits que é tudo! adorei rever esse filme!!!!